Loading...

terça-feira, março 30, 2010

Falling...

I'm falling...I'm falling...falling...


Gosto de saber que posso contar contigo...
Que posso ligar pra te encomodar e te fazer rir com minhas bobagens...
Que posso inventar algo de supetão...e fazer você topar...
Que posso fazer você ser dado como 'fura-olho'...
Que posso acreditar no que você me diz...
Que posso acreditar que tudo o que você me diz é verdade.


Gosto de saber que você me acalma...
Que posso ter suas enormes mãos em minhas ancas...
Que posso sentir seu abraço forte...seu corpo grande...quente...
Que posso brincar com teus lábios...
Que posso sentir seu rosto...
Que posso ter você pra me fazer rir a toa.


Gosto quando me conta seus casos...e acasos...
De moças...de primos...
De Exército...de São Gonçalo...
Do trabalho...do Garcia...
De festas, micaretas....de Chiclete com Banana...
De times...de BBB...de ex...de tudo.
Gosto de te conhecer.


Gosto descobrir coisas novas sobre ti...
De saber que você é um bom sargitariano...
Brincalhão...pertubado...reclamão...surpreendentemente único!
Doce...Ámavell...'my sweet'...


...

domingo, março 21, 2010

Sentir...

"Hoje eu sonhei um sonho bom pra mim...Um Querubim me disse assim: Um amor sem fim te faz voar..." [FFM]
Não sei ao certo o que sinto...e pra ser sincera estou muito confusa!!
A única certeza que começo a ter é que gosto de ti ^^...
Como diz Colbie, numa de suas músicas: "Wherever it goes I always know That you make me smile" [Pra onde for, sempre sei que você me faz sorrir].
Posso sentir falta de algo mais sério...mas não sei se é realmente isso que eu quero. Querer amar...é diferente de querer algo sério. [Ao menos eu acho].
Tomoyo, de Sakura Card Captors, disse pra Sakura num episódio...que amava alguém, mas que não se importava se esse alguém não lhe correspondesse da mesma forma...queria apenas estar perto daquela pessoa e ajudá-la a ser feliz.
Não sou tão pura e nem tão profunda...mas concordo em ajudar as pessoas a serem felizes...!! [sem egoísmos e posses extremas]. Gosto de ti, my dear...!!
Just this!!

quinta-feira, março 18, 2010

AVATAR


Que filme é esse??

Já faz um tempo que o assisti e mesmo com o tempo que se passou ainda guardo os sentimentos que tal ficção me passou. Realidade. Ficção. Dinheiro. Organização social. Respeito.

Muitas pessoas se importaram apenas em quanto foi gasto para se fazer esse filme e esqueceram de ver qual mensagem o filme passou. Outras deram olhares particulares, trazendo coisas do filme pra vida sem olhar o geral. Eu realmente não me enquadro em nenhum desses grupos.

O que é um avatar?

Diz o dicionário que é o nome dado às diversas encarnações dos deuses na Índia, transformação, metamorfose, mudança.

Mudança...

O filme me transparece que perpassa por essas duas idéias. Avatar...um corpo. Avatar...uma mudança, uma transformação.

Todos temos avatares. Ao menos eu tenho.

Quando quero ser mais madura...ponho o avatar da maturidade. Me disfarço...me transformo.
Quando quero ser mais manhosa...ponho o avatar da manha. Fico dengosa...carente...me transformo.
Quando quero ser mais sensual...ponho o avatar da sensualidade. Uma roupa...um trejeito...uma transformação diante de muitas outras.

Avatares podem ser posturas. Podem ser imagens transpassadas. Pode ser aquilo que você quer que as pessoas vejam. Afinal, uma palavra sua fora do lugar pode fazer com que pessoas não te olhem com bons olhos. [Falaram isso pra mim...] mas ninguém precisa se trajar de avatares...

Existe apenas um que não sofre transformações...e esse avatar é o do seu eu, digo...o do meu EU. o EU carinhoso...manhoso...ciumento...paradoxo...que quer um só, mas quer ser querida por todos...que é uma balança...uma libra. Esse é o meu avatar favorito...A Mila boboca.

Esse sim é especial...quem se permite gostar de mim...conhece!
Quem se permite me amar...também ama este avatar.
Este blog o conhece.

Hoje eu ouvi várias pessoas dizendo que estou apaixonada...
tô não...
até queria...mas não consigo amar totalmente se me sinto bloqueada.
Mas quero amar...
essa é a única semelhança entre meus avatares...todos querem amar...
todos anseiam por amar. E todos precisam de um toque pra saber amar.
Será que posso amar você??

No filme, ele se permite amar por perceber que poderia ser correspondido. Assim como sua ação diante de mim...num determinado dia 27...

I'M AFRAID...???

I'm afraid...


I'm afraid...of speak English [said my brother]...
| . to confess my feelings [confused]...
| . to be loving...
| . to be losing...
| . of hurting...
| . to lead me to you.

I'm afraid!!


[Eu estou com medo. Medo de falar inglês (disse meu irmão), medo de confessar meus sentimentos (confusos), medo de estar amando, medo de estar perdendo, medo de magoar, medo de me iludir com você.]

O medo é puramente sentimental. Não é a toa que se tenha medo de sentimentos [ao menos eu tenho]. Bons ou ruins, mas sempre...sentimentos. Pode ser uma tolice isso...até porque é algo meio óbvio [eu acho]...por ser um sentimento é normal que o medo atraia outros sentimentos com ele.


A insegurança, o desespero...


Essa semana meu coração estava um pouco aflito. Estava com uns medos bobos. Já foram [ainda bem]. Presenças reconfortantes ajudam na superação dessas bobagens. Um amigo que volta de viagem...um grande adorável que me faz sorrir...companheiros numa invenção minha que me ajudam a vencer...uma amiga que consegue uma pós-graduação...


A vida é tudo...e os medos fazem parte disso!


Não é porque sonhei com um abismo que me jogarei nele...!! A vida continua...e os medos são superdos!!


Tenho medos sim...como qualquer pessoa...


Sei que não agrado a todos...e nem quero isso!! Só quero ser eu mesma...e quero que as pessoas que me importem gostem de mim o suficiente pra me aturar!!

sexta-feira, março 12, 2010

Tudo que me empolga não dá certo...



E eu que achava que isso era coisa de minha cabeça...


Não serei dramática nesse texto (ao menos é o que eu quero), mas nessa sexta, dia 12, eu parei pra pensar nisso. Será que minha empolgação atrai energias que bloqueiam o resultado que quero obter?


Não digo de um acontecimento ou outro, mas sim de muitas das coisas que um dia já almejei. Tudo bem que uma coisa ou outra não transformaram minha vida, mas a frustração dessa maldita certeza, me deixa mal.


Esse ano já passei por algumas coisas assim...


Almejei ser aceita numa faculdade que me recusou (me senti a aluna perfeita...tive tanta convicção...fui recusada!). Talvez tenha sidopelo meu bem. Conheci tantas pessoas novas nesse velho lugar...mudaram minha vida!

Me empolguei com muitos alguéns que não deram em nada...


E agora??

Devo me empolgar com mais algo??


Estou com medo!!...muito medo!!!


Esse meu medo me faz cometer erros...erros paradoxos e graves. Digo que não quero me apegar, peço que me dê freios....mas faço isso pra não me permitir tamanha empolgação, pra poder dar certo. Pergunto se gosta de mim, se chateio...mas só quero ser atenciosa, companheira, próxima...e ganhar teu carinho.


Talvez essa empolgação me faça pensar no negativo.


Talvez...

quarta-feira, março 10, 2010

Casamento...





Realmente...é um 'negoço' estranho...muito estranho!


Ontem sonhei que casei. Casei, não...noivei...ou será que juntei?? Acho que foi isso. Foi lindo [^^].


Num sonho como este o pior de tudo é ter que acordar. Eu estava tão feliz, tão linda, tão bem acompanhada...tão casada!! (Juntada...não sei ^^).


Não vem ao caso citar quem tenha sido o louco a ousar desposar-me, mas convém dizer apenas que é alguém que me deixa bem, feliz, sonhadora...enfim, bem!


Quero casar, noivar...juntar, que seja. Ter um canto meu e de mais alguém, receber visitas legais, pedir uma xícara de açúcar na vizinha da frente, preencher potes com guloseimas pra pôr na estante...servir e ser servida por alguém que goste de mim o bastante pra ser louco e 'casar' comigo.


Passei o meu dia de ontem falando de brincadeira que queria casar. Mas quero mesmo. Casar, deixar comidinha gostosa na geladeira pra ele...(Ai Deus!).

Pode ser cômico, mas já tive boas idéias de como fazer pra casar. Posso colocar Stº Antonio de cabeça pra baixo [mas Núbia disse pr'eu não maltratar o santo], ir para várias rezas do mesmo santo (Stº Antonio), virar devota, promover uma festa (rsrs), entre outras loucuras...Desisti!


Prefiro ver no que é que vai dar, né?!


Vejo tantos amigos noivando, casando, tendo filhos...constituindo uma vida a dois, que me pergunto quando será a minha vez. Às vezes penso que sou nova pra pensas nisso, mas muitas das outras vezes me sinto para trás. [Ai Deus!]


Meu horóscopo anual de 2010 disse que nesse ano eu encontrarei o meu grande amor. Será que me caso com ele esse ano também?? Será que ele já passou e eu não vi?? [Ai Deus!! - desanimado, dessa vez]

Ao contrário do que se possa pensar, não quero casar pra sair de casa (puramente...pois quem casa quer casa) e nem acho que a vida a dois é um mar de rosas...só quero ter a minha vez.

segunda-feira, março 08, 2010

À luz de velas...




CHOVEU. TROVEJOU. RELAMPEJOU.


Em casa trancada. Ilhada. Sem ele. Com eles.
Já ouvi bobagens em quantidade e de diversos gêneros. Já vi TV pelo celular, ouvi música e parei na rádio. Não deixo de pensar nele. Mesmo estando com eles.


SEM LUZ. SEM ENERGIA. APENAS UMA MINI-LANTERNA, MEU CELULAR MULTI-USO E VELAS. MEUS PAIS. UM DE MEUS IRMÃOS. E A CHUVA...MUITA CHUVA.

Na rádio, estava tocando a música da novela das 8, e então resolvi escrever...no escuro mesmo. Já liguei para uma tia pra alguns amigos...e para você. Será que está chovendo aí também??

UM IRMÃO QUE CHEGA DA CHUVA. TÁXIS QUE NÃO PARAM. E MÚSICAS NA RÁDIO.

Não queria ser 'deprê' nesse texto, já que este dia foi precioso pra mim. Não tive você e nem seu se chove por aí, mas hoje minha família estava unida (digo, mais unida). Mesmo com a chuva, estávamos todos juntos...ou talvez tenha sido ela a causa desta união...[NÃO!].

"Pensa em mim, que eu tô pensando em você...", toca na rádio.

A chuva veio na hora certa. Nem uniu, nem separou.

Talvez um 'tapa com luva de pelica' que recebi por MSN tenha me aberto os olhos: Ninguém vive pra mim. Não seria você quem faria isso, né?!

UMA CHUVA QUE LAVOU MINHA ALMA OU QUE ME DEIXOU MAIS ANGUSTIADA.

"...mas ficar sem você é bem pior pra mim...deixa eu errar...", toca na rádio.


A chuva me deixou...
...com a sensação de estar dozinha...e acompanhada (de pessoas que amo...sangue do meu sangue...).
Mas e você?? Onde está??

Não sei bem quem está lendo isso, mas quero que saiba que amo (e quero amar).
Amo a ti, por ler isso. Amo a ele, por ser o doce que é. Amo meus pais. Amo meus irmãos. E amo essa chuva.

Essa chuva que alagou minha rua. Que me deixou ilhada. Que fez trovejar, relampejar. Que me deu medo e vontade de amar.



sábado, março 06, 2010

Suporte TI - Informática


Prometi que iria lhe escrever e acho que o melhor seria, primeiramente, citar Moluhen.

Moluhen, em mais um de seus célebres contos, narrou a história de um casal, que na faculdade, se conheceram. Trocaram olhares. E sem quê nem pra quê, se encantaram. O fim da história é puramente ligada à disciplinas do direito. Não convem contar nesse texto. Acho que o começo já nos cabe.

O olhar...

Nunca vi coisa que diga tanto de mim. E como bom observador, você sabe me decifrar. Sou tão explícita, né?! Parece que nos conhecemos a tempos, mas sei que conheço-te a pouco.

É incrível.

A algum tempo me notava a procura de alguém por perto. Alguém pra me proteger. Alguém doce, besta, tarado [risos]. Alguém que nem eu. Que não liga pros outros, que não deve nada a ninguém, que está disposto a compartilhar bobagens comigo. E quando sosseguei, você apareceu. Sem quê nem pra quê, digo, sem quê, mas pra furar o olho do outro rapaz [risos]. Que bom!

Só você mesmo, viu?!

Sempre disposto, sempre animado, sempre informatizado, sempre legal.

Digamos que 65% meu...né?!

Meu primeiro William, meu primeiro sargitáriano, meu primeiro suburbano.

Mas deixando de lado as posses, te defino como um conjunto de docilidade, agrestia, carinho, bobagem, informática, bestagem...um homem...grande, por sinal (das mãos aos pés)...um grande doce, um grande agreste, um grande carinhoso, um grande bobo, um grande [todo trabalhado] na informática, um grande besta...um grande homem.

Sou do tamanho de sua irmãzinha, adoro inventar e adoro paparicar.
Gosta de mim..?? Sei que sim. Quer me dividir..?? Sei que não sabe [o que os olhos não vêem o coração não sente, né?!].

Mas como diz Moluhen: "A vontade de um homem é o desejo da mulher.".


Obrigada, Will ^^

sexta-feira, março 05, 2010

quinta-feira, março 04, 2010

CONFUSA

Ando meio confusa ultimamente.


Querendo ser popular, sendo discreta e me escondendo com falas públicas. Me sentindo parte de um todo e um nada nesse mesmo todo. Quero alguém sem querer querer. Quero me apegar sem querer me apegar. Quero ser exemplar, sem dar exemplo. Quero uma roupa comum, mas não quero ser comum. E não sou. Acho que sou tão confusa que chego a ser 'inenarrável'.

Quero amigos fiéis, mas cometo erros toscos como esquecer datas, ficar obsecada por trabalho e lembrar apenas de mim. Não posso ser assim.

Quero o amor de minha vida, mas não sei quem ele é. Apenas dou títulos àqueles que me deixam mais boba ou fazem o que gosto. Digo que é empolgação, mas torço pra que seja algo duradouro e inesquecível.

Outro dia, minha mãe me chamou de covarde quando disse que tenho medo de me apegar. É pesado, eu sei. Mas esse atual medo que me toma, me torna uma covarde. Como quero amar sem me apegar e com tanto medo de magoar??

Se alguém corajoso aparecesse pra mim, me dando a honra de me deixar amá-lo, aprendendo a me amar (tentando, ao menos), sei que setíamos/ serems (não sei) felizes pelo tempo que desse/der. Minhas confusões não iriam atrapalhar o desenrolar da história. Elas passam.

A vida é justa??




Acho que sim...fazemos por merecer a justiça da vida que nos é dada.



Dizem que Deus escreve certo por linhas tortas, mas será que não somos os míopes [astigmatas, no meu caso] que não querem enxergar que há males que vem para o bem?




Me questionaram sobre o terremoto do Haiti. Me disseram que não é justo com aquelas pessoas que já sofriam tanto, sofrerem ainda mais e blá blá blá. Mas o que é ser justo? Não ter sofrimentos? Será que o terremoto não poderia ser uma forma de livrar essas pessoas desses problemas? Será que aquele povo não precisava renascer??



Se tenho o trabalho que tenho, é porque fiz por merecer estar nele, co todos os seus prós e contras, porque não procurei outra coisa, porque não é o momento, talvez porque a forma que estou procurando não seja tão eficaz. Sei lá. Se perdi um namorado que me fazia mal, é porque mereço coisa melhor. Se encontro alguém que me faça bem, é porque mereço estar bem. Assim como se fiz mal a alguém, mereço os males recaem sobre mim.



Acho que as pessoas que sofrem são aquelas que não lutam pra parar de sobfrer. E como elas podem fazer por merecer uma vida melhor? Depois reclamam que a vida não é justa.




Tolas criaturas.









segunda-feira, março 01, 2010

I'M BORED!!

TODO TRABALHADO...


Saí toda trabalhada no dègradè...

com um amigo trabalhado no quadriculado...

Que foi encontrar a namorada toda trabalhada no longo...

e eu, encontrar um alguém todo trabalhado na informática.


Um cinema todo trabalhado na mistura...

que me deixou horas e horas falando "todo trabalhado nisso ou naquilo".



Senti saudade de alguém todo trabalhado em SP....

e fiquei toda trabalhada na culpa por n dar parabéns a Lou no momento certo.



Peço em uma homenagem pública, via blog...

milhões de desculpas a LC.

Amigo...

estou aqui, toda trabalhada na presepada...

nidiando em sua homenagem...

e lhe dando PARABÉNS públicamente.

Só Deus é quem sabe o quanto me culpei por ter falado contigo...

mas não ter te dado seus parabéns no dia correto.

Te amo amigo...!!!