Loading...

quarta-feira, abril 28, 2010

De manhã...



A manhã tá tão linda, ensolarada...

Pena que pra mim isso não faz a menor diferença.



Não acordei bem....mas meu dia é cheio de compromissos. Se pudesse adiá-los e tirar o dia pra ficar com ele...não com você...mas com ele. Ele me trata bem...sinto-me uma rainha ao lado dele...enquanto que perto de ti só me sinto tola.

Não entendo porque ainda me deixo guiar pelos sentimentos...sempre engano mesmo...

Nessa linda manhã ensolarada só penso numa coisa: Será que sou tão tola quanto penso que sou??

Minha cabecinha anda cada dia mais confusa...não faço a mínima idéia do que faço...do que penso...não consigo me concentrar...enfim...estou sem foco!!

...


terça-feira, abril 27, 2010

FORAGIDA...


É engraçado como atitudes tolas são frequentes quando eu tento me desvenciliar de algo ou de alguém. Agora...eu tento fugir de você. Acredito muito que seja essa uma grande tolice, porque tento fugir de alguém que já está internalizado em mim. Como que posso fugir de alguém que já faz parte de mim?? Que já deixou uma marca em mim??

Coisa estranha.

Sinto-me cada vez mais confusa...
Ai Deeeuuuss...

domingo, abril 25, 2010

Te amo???



Ultimamente ando refletindo muito sobre tudo o que me acontece. E acontece que sempre me pego em dilemas e confusões criadas pela minha cabeça. É difícil ser assim, viu?! Muito difícil. Saber conviver com a intensidade de vontades e desejos...de sonhos, talvez...com a intensidade que eu vejo tudo o que me acontece.


Quase sempre que mergulho em meus pensamentos, penso em minha vida afetiva...realmente, é importante pra mim ter alguém, ao menos pensar que tem alguém a meu lado pra me afagar quando necessário e preu poder afagar quando esse alguém precisar. Enfim, só não quero me sentir fazia...não me sinto bem comigo mesma se não me encanto, se não gosto, se não me sinto ao lado de ninguém.

Nesses últimos dias me pergunto bastante: "Será que devo desistir de você??"

Há tempos que estava disposta a superar e suportar qualquer coisa na espera de algo mais contigo. Esperaria um tempo hábil e necessário, independetemente de fidelidade ou de comprometimentos. Eu estava realmente afim...afim de esperar o quanto fosse preciso. Pra ter vc de uma maneira mais...monogâmica, digamos assim.

Mas essa semana até disse que joguei a toalha.

Essa semana muita coisa aconteceu. Meu coração partiu, me desencantei contigo, e me encantei de novo...me senti sacaneada, pensei em vingança...senti que você confia em mim, e percebi que você não é normal. Me vi sendo jogada pra escanteio, me vi em seus braços, me vi sendo protegida por ti e largada por ti. Senti que te larguei um pouco de mão, senti que nunca te deixei como devia/ como queria. Mas o pior...é que estou voltando a me sentir vazia.

Vazia como antes...de conhecer, de me envolver com você. E é isso que eu não queria e temia também. Busquei outra pessoa, que me deixe com um sentimento de satisfação em ser querida, desejada, talvez. Mas eu sei que não é a mesma coisa.

Tou ficando frustrada, eu acho.
Desacreditada de mim.
.
.
.

sábado, abril 24, 2010

VOLTS...eletrizando minha vida!!



Esse deveria ser apenas um post de agradecimento, mas quero explanar tudo o que eu senti hoje. Achei que nada daria certo...e que tudo seria perfeito...que funcionaria, enfim. E funcionou!!

Obrigada VOLTS...confio em todos vocês...e digo que esse só foi o começo de uma longa trilha. Enfim, tudo foi válido e perfeito pro momento. A perfeição é algo momentâneo...apesar de eterno. Nada é perfeito...mas o caminho para se chegar a ela, já faz parte disso que se fiz perfeito. Aos trancos e barrancos caminhamos para a perfeição, e chegaremos lá...


Por Bastet...

Com Ísis...


Obrigada minhas deusas...!! Que nos guiem os passos, as piruetas, os saltos...que estejam para um sempre conosco.

O que seria de mim sem amigos?? Sem companheiros?? Sem pessoas a meu lado que estejam dispostas a enlouquecer comigo o suficiente pra se vestir de gatinho e dançar para um pequeno público com o gás de um público de 10.000 mãos aplaudindo e brandando por um 'bis'...a vocês...eu chamo de profissionais...de loucos...artistas...e meus amigos.


Como disse...era pra ser um mero post de agradecimento. Mas não posso deixar de dizer que toda a preocupação pré-estréia e todo o empenho de aprender parte da coreografia no ato, foram recompensados pelo bom resultado.

Não fiquei apenas feliz, mas fiquei orgulhosa!! Orgulhosa de tudo...e de todos.

Obrigada!!

sexta-feira, abril 23, 2010

MEU CORAÇÃO PARTIU...


É verdade...

meu coração partiu.









Não o coração de verdade, mas foi como se fosse. Pra muitos era apenas um pingente que precisava de uma corrente nova...mas pra mim...foi como se meu coração mesmo [o que bate] fosse dilacerado.

Pra mim, não foi bom sinal ele ter partido da forma que partiu...nem no dia que partiu e nem no momento. Um momento de minha vida que já me encontro novamente sem rumo, ou até com um rumo, digamos, mais focado no trabalho.

Mas esse pingente significava pra mim, uma plenitude no lado emocional. Uma tranquilidade de que ainda vou encontrar meu Osíris. mas ela partiu...e agora??

O que será que Ísis reserva pra mim??

Tenho receio de que o efeito da promessa que fiz com aquele coração se inverta. [Isola!!] Me sinto novamente só. Começo a voltar a pensar se nasci pra ser só e que vou ficar pra titia, como se diz...

segunda-feira, abril 19, 2010

Joguei pra cima...!!! U.U'

Me sinto sem graça sem você...

Não preciso nem ter você ao meu lado todo o tempo, mas sem você...eu fico sem graça.

Fico sem graça perto de você também...tentando esconder uma cara de boba que só tenho perto de ti. Analiso seus dedos, sua mão, seu corpo...que roupa cai bem em você...que lindo que tu fica de óculos...que gracinha que é você se espreguiçando.

Mas acabo de descobrir que preciso mais.

Fiquei boba de saber que detive sua 'fidelidade' por um tempo hábil, digamos assim, e sei que não quero te perder (mesmo sem que seja meu), mas pode ser que este seja o momento que eu deva jogar a toalha.

A monogamia é uma invenção da sociedade...e o instinto humano leva-nos a ter vários parceiros. Mas não tenho culpa se sou criada em sociedade...!!! Sou centrada...dizem até que sou madura demais pra minha idade, mas agora eu só penso em comparações que acabam por vir da falsa sensação de posse e perda criada ao longo de anos. Se fosse apenas algo sem vínculos, sem previsões de novos acontecimentos e de prováveis continuidades..pouco me importava. Ou até que eu não soubesse...

mas pode ter sido esse um meio de você me dizer que já não dá mais, né?! Então...como não consegue fazer isso...terei eu que fazer, né?!

Achei que fosse forte o suficiente para levar tudo numa boa, mas sou deveras sentimental e há tempos já não me sinto tão bem como era de costume. Portanto, não sei se daria certo comigo...

ou melhor...sei que não posso prosseguir daqui.

quinta-feira, abril 08, 2010

Tropeços e tropeços....

A vida é engraçada, né?

Num dia...uma súbita raiva toma conta de mim...no outro me sinto bem...leve...feliz.

A algum tempo..tive a 'brilhante' idéia de que amigos tinham que ser verdadeiros e que não adianta ter amigos da boca pra fora...ou amizades que viviam de um sentimento só meu. Rompi com amigos de anos...em especial...com um.


Um rapaz engraçado...metido a historiador..fiósofo, talvez. Sempre o quis muito bem e me decepcionei muito quando soube que não 'gostava' de mim. Me perguntei por um tempo: o que é que eu fiz pra ele? Porque não gostava de mim?

Mas o tempo passou e a vida é engraçada...


Hoje...'reatei laços'. Um simples pedido de desculpas e uma promessa de que tudo seria melhor, acompanhada de uma confissão de um 'gostar em doses homeopáticas', culminaram nas palavras que ecoaram em minha mente durante o dia todo.

"Nunca deixe de acreditar no amor..."

o AMOR...

Agora...sinto como se eu tivesse recuperando minha essência...a sede de ter um amor...de curtir alguém como se o mundo não fosse nada perto desse alguém. Não posso deixar de acreditar no amor...

quarta-feira, abril 07, 2010

Dia 7..


Isso poderia ter acontecido em qualquer dia...
mas no dia em que eumenos esperava, digo, merecia presenciar...
levei um coice bem dado...um TAP na cara, talvez.


Também pode não ter sido nada demais e minha sensibilidade a flor da pele possa ter absorvido àquelas palavras com muito impacto. Posso ter imaginado coisas, também...tanto no caso de estar me iludindo por mim mesma, quanto por não ter sido aquilo que você quis me passar...mas foi o que eu senti.

Não quero transformar meu blog num diário...apesar de blog ser 'diário virtual', mas o que me passou hoje me pareceu passível de ser comentado aqui, já que exponho tudo que eu sinto nesse blog.

O que houve de fato, foi que me chatiei...me senti uma idiota...uma completa imbecil...por se dizer assim. E ao mesmo tempo me senti mais...
não sei ao certo...mas não me senti bem. Passei horas me xingando, corri pelo lugar que estava para extravasar a energia péssima que tinha se apoderado de mim...pra esquecer o sentimento ruim que tive por ti por apenas um instante...

O masi cômico de tudo...é que quando vi seu rosto...meio cínico...meio natural...[foi apenas o que me soou naquele momento]...comum, normal e aquèm de qualquer grosseria a qual eu senti...apoderou-se de mim uma incrível sensação de tranquilidade e euforia...acho que quase ao mesmo tempo. Porque me sinto assim com você?? Passo horas querendo responder essa pergunta...

Porque me sinto assim com você...


Sinto-me bem...sinto-me leve...sinto-me tranquila e confiante...sinto-me única...sinto...mesmo sentindo raiva de ti...mesmo sentindo vontade de te ignorar..ao menos por alguns minutos...sinto vontade de ser orgulhosa pra ver se meu orgulho vence o seu...mas sinto que me entrego só de te olhar...me entrego só de pensar em você.


Acho que é por isso que acabo sento tola...idiota..até imbecil!!

Será que tanta imbecilidade merece alguém como você??

Penso por muitas vezes que minha pretensão em te querer seja tamanha que tenho que invetar artifícios para tê-lo comigo. Às vezes quando tento pensar nisso...acredito que nasci pra viver sozinha...ou então, pra decepcionar as pessoas que gostam de mim...não sei se consigo fazer com que goste de mim...ou talvez minha pretensão seja justamente essa...
Fazer com que você goste de mim da forma e na intensidade que quero/preciso que goste.


Dei a ti meu coração...
sem querer...sem poder...
mas dei!!

O que você vai fazer com ele?? É o que eu quero saber...

terça-feira, abril 06, 2010

Relatos 06/04




É engraçado como todos que querem seu bem se preocupam com suas desilusões. Me sinto querida por isso...mas mesmo assim, acho que não sou de porcelana. Preciso arricar! Me magoar, se for o caso...ser feliz, até quando der...enfim...
Nesse momento...entou sem coração!! Eu dei ele a um alguém. Dei...e não me arrependo!! Dei...e nem sei se a pessoa quis...só sei que dei!! Posso precisar de um coração mais até do que quem recebeu o meu...mas não tô nem ligando. Preciso arriscar...tentar...me jogar de cabeça em você, digo, nele!!
Se algo der errado, não tem problemas. [Sinceramente, quero que tudo dê muito mais que certo ^^] Enfim...tomo meu coraçãozinho de volta...cuido dele...guardo...e começo tudo de novo...
Mas preciso do risco de dá-lo alguém...!!

domingo, abril 04, 2010

Dia da Mentira





Nem tudo acontece no dia e na hora que se quer. Quando é para acontecer...acontece. O universo conspira a favor.



Em pleno dia da mentira, senti um cheiro 'exclusive' de verdade. Senti calor...senti frio de ventilador. Senti vontade de comer chocolate. Senti o doce de um beijo. Senti...senti...sentei.


Sentada...1, 2...de pé...1, 2.

E de dois em dois cheguei em doze. Doze...



Número engraçado, equivocado...e cheio de significados e características. Doze é par. Seus algarimos somados resultam em três...mas doze, pra mim, é um número que vai além das horas, das casas do zodíaco...doze foi o número equivocado que nos levou, digo, me levou a um sonho.



O sonho de preencher uma noite. O sonho de um pequeno pecado numa noite de semana santa. Pequei...digo...sonhei.


É bom conseguir o que eu quero. Assim eu sonhei...ou melhor...'então eu sonhei'.

E sonhei bem sonhado.

Te pus ao meu lado...pra dormir...pra acordar. E se bananas tivesse, acordaria cedo pra fazer uma vitamina.



Uma noite sem Roberto Carlos, sem cantores sertanejos, sem filmes da 'paixão de Cristo', sem CSI, sem fio preto do computador, sem irmãos, mães e pais...uma noite de quinta-feira.


O início da semana santa que não dura uma semana...uma quinta-feira do amor.


O massa é que pela primeira vez, não preciso que esse início (de semana santa e de mês) signifique o início de outra coisa. Sinto que o gostoso é continuar...sem começos, nem términos...apenas um continue.